Nestes últimos tempos tento viver a minha vida da maneira que me é possível: um dia de cada vez. Dias maus e dias bons, mas sobretudo maus… não porque acontecem tragédias ou grandes dramas, mas sim porque no fundo, nada acontece!

No fundo, vivo os meus dias e a minha vida rodeada de um mundo exterior de normalidade e aparente calma, mas num mundo interior, só meu, marcado pela tristeza que sinto, pela solidão e pela carência. Estes sentimentos dominam esta minha vida, onde existem também pontuais momentos de pura felicidade.

Às vezes sinto-me culpada por tais pensamentos e sentimentos, porque no fundo talvez nem tenha razões para me sentir assim… tenho uma boa vida, com tudo o que quero e preciso, uns pais maravilhosos e amigos fantásticos… mas mesmo assim, não deixo de sentir um vazio…

No fundo, por muito que me queiram ajudar, principalmente os amigos, sinto que não conseguem, porque essencialmente, embora digam que sim, não me compreendem…

Mas quem sou eu para impor que me compreendam e ajudem quando nem eu me compreendo?!

Apenas gostava que as pessoas que me rodeiam não insistissem tanto em dizer “vai ficar tudo bem” e apenas me ajudassem dizendo “Estou aqui, ao teu lado quando tudo der errado”

Um abraço apertado e um ombro amigo para poder chorar sem ter de dar explicações é o que me faz falta agora :'(

 

 

 

 

sinto-me: Solitária
tags: ,
publicado por Princesa às 22:10